TUTORIAL – Como Salvar e Recuperar o IMEI do Samsung Galaxy S3


Para quem gosta de trocar de roms toda hora, ter a preocupação com a integridade do IMEI é algo muito importante. Para quem não sabe é possível fazer o backup do IMEI do aparelho e isso é muito importante, ainda mais para quem faz muito flash e troca de ROM o tempo todo.

Entre trocas de ROMS poder ocorrer algum erro e o IMEI do seu aparelho ficar corrompido e o pior, NÃO reconhecer nenhum SIM CARD (CHIP de operadora). Esse backup pode salvar o seu aparelho da assistência técnica, se ele for importado esse processo é ainda mais importante.

Na assistência você tem que levar a Nota Fiscal e pedir pra restaurar, leva um tempo e o processo é burocrático como todos nós sabemos.

O que esse IMEI?

Antes de qualquer coisa, você sabe o que IMEI? O International Mobile Equipment Identity ou Identificação Internacional de Equipamento Móvel é um número de identificação global e único para cada telefone celular, é como se fosse o CPF do aparelho.

Em caso de roubo do seu aparelho, ligue para a sua operadora, para que a mesma peça a inutilização do IMEI, assim quem estiver com o seu aparelho não poderá usá-lo como celular no Brasil.

Quando o aparelho é bloqueado pelo IMEI, fica apenas bloqueado no País, se for usado no exterior, funciona normalmente. Você pode saber qual é o seu IMEI digitando *#06# no teclado do telefone. Sabendo disso vamos ao procedimento de backup de IMEI. Antes de iniciar vale falar dos…

Problemas de IMEI nos Galaxy S3

A Samsung colocou nas primeiras versões do sistema Android do Galaxy S3, um formato da pasta EFS do aparelho (v1), que é onde fica as informações do IMEI do aparelho entre outros. Nas ultimas versões do sistema, essa pasta foi modificada (v2) e assim vem trazendo uma dor de cabeça para alguns usuários.

Muita gente tem esbarrado no problema da falha de ser serviço no aparelho, ou seja, o IMEI do aparelho está corrompido. E isso deve pela troca de roms com formatos de pasta EFS diferentes. Para entender melhor, recomendo o artigo abaixo que trato melhor esse assunto.

SAMSUNG – Atualização EMH5 muda formato na pasta EFS do Galaxy S3

Para evitar dor de cabeça, o melhor é ter esse backup do IMEI, pois se ocorrer esse problema você pode corrigir. Vale destacar que esse processo foi realizado com sucesso em meu aparelho, quando me deparei com esse problema. Agora sim, vamos o procedimento.

ARQUIVOS NECESSÁRIOS

BAIXE AQUI EFS Professional – Esse programa vai fazer o backup do seu IMEI
BAIXE AQUI BusyBox – O aplicativo pode ser baixado gratuitamente no Google Play
BAIXE AQUI Kies – Baixe o programa da Samsung para instalar os drivers no PC

REQUISITOS NECESSÁRIOS

Para realizar o backup do IMEI do seu Samsung Galaxy S3 um processo simples, mas é necessário exclusivamente de ter acesso ROOT. Com acesso ROOT você precisa instalar o aplicativo BusyBox para realizar o procedimento deste tutorial.

Esse é o mesmo procedimento efetuado para o Backup de IMEI do Galaxy S4 e assim temos esse tutorial exclusivo para o Galaxy S3 para melhor organização.

Esse procedimento necessita do aparelho com Acesso ROOT para que o aplicativo Busy Box trabalhe com sucesso quando for necessário. Vale destacar que aparelhos que já tenham o problema, esse procedimento não vai ajudar.

O procedimento aqui discutido é muito simples e rápido. Se ocorrer algum dano ao seu aparelho causado por você não serei responsável. Apesar de fácil, faça com cuidado e por sua conta em risco

 PROCEDIMENTO

Após realizar o passos para ter acesso ROOT e depois instalar o aplicativo BosyBox no seu Galaxy S3, é hora de iniciar o procedimento de backup de IMEI. Se for necessário, clique nas imagens para ampliar.

1 – Ativando o Modo Depuração

É necessário ativar o Modo Depuração em seu aparelho. Para ativar siga em: Configurações > Mais > Opção de Desenvolvedor > Marque a opção Depuração USB. Se o seu aparelho não tiver a Opção de Desenvolvedor, veja como ativar nesse artigo.

2 – Busybox

Abra o aplicativo BusyBox no seu aparelho e permita o acesso root. Espere o aplicativo carregar os arquivos e depois selecione a opção de escolher a versão a ser usada no seu aparelho, dessa forma escolha a BusyBox 1.20.2 em “wWill be installed to“, e abaixo clique em “Install” e depois “Normal Install

3 – Usando o programa EFS Professional

Conecte o seu Galaxy S3 ao computador e depois abra o programa EFS Professional pela pasta que você extraiu. Ao abrir o programa o Galaxy S3 vai perguntar se você permite a depuração USB pelo o seu PC. Marque a opção de “Sempre permitir…” e clique em OK. O programa vai se conectar ao seu aparelho.

4 – Realizando o Backup

Após o programa EFS se conectar ao seu Galaxy S3, clique na aba com nome de “Backup“. Depois você vai escolher a opção “Device Filter” e depois escolha “All Partitions“.

O programa vai apontar os arquivos para o Backup e assim você deve selecionar o ponto que tem a informação da pasta “EFS” e clicar em “Backup“.

Aguarde o fim do processo e você vai ter o seu IMEI guardado na memoria do seu aparelho e no seu PC, dentro da pasta do programa EFS.

5 – Realizando a Restauração

Se um dia for necessário realizar o procedimento de restaurar o seu IMEI, você não vai ter nenhuma dificuldade. Você vai realizar os passos já citados para conectar o aparelho e dessa vez vai escolher a aba chamada “Restore“. Nela você vai escolher o seu Backup de IMEI na opção “select backup archive restore“, e depois clicar em “Restore“.

Leia mais em: http://www.smartzone.com.br/2013/10/salvar-recuperar-imei-samsung-galaxy-s3.html#ixzz3GVuQ2uFR
O conteúdo do Smartzone é protegido. Você pode reproduzi-lo em partes, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original

Como ‘rootear’ o Galaxy S3


Explicaremos duas maneiras de “rootear” o S3. A primeira é usando o Odin. Você baixa o programa, executa-o como Administrador, conecta seu celular no “Modo Download” e utiliza o programa para aplicar o Root. O segundo é utilizando o Galaxy S3 Toolkit. É um processo um pouco mais complicado, mas útil caso o primeiro não funcione.

ATENÇÃO: Este processo faz você perder a garantia do celular. Porém, basta reverter o Root para ter a garantia de volta. É muito raro dar problema a ponto do seu telefone não funcionar mais, mas sempre tem o risco, e não nos responsabilizamos por qualquer dano eventual causado a ele.

Primeiro método: utilizando o Odin

Primeiro, siga os seguintes passos:

  • Certifique-se de que seu celular está com pelo menos 80% de bateria. Um desligamento inesperado durante o processo pode estragar seu telefone, sem volta.
  • Faça o download e instale os drivers da Samsung (caso você não tenha o Kies) – Download
  • Faça o download do CF-Root – Download (NÃO MEXA NELE. APENAS SALVE NO DESKTOP)
  • Faça o download do Odin – Download
  • Reinicie seu computador para que o Windows reconheça seu S3.
  • Desligue seu telefone e ligue-o no “Modo Download”. Para isso, pressione simultaneamente as teclas de diminuir o volume, tecla Home e o botão de ligar.

Agora, execute o Odin e conecte o telefone ao computador. Após conectar, o box que tem escrito ID:COM deve ficar verde claro. Caso não fique, repita todo o processo.

Agora, marque os seguintes boxes: “Auto Reboot” e “F. Reset Time”

Em seguida, procure o botão PDA, clique e selecione o arquivo CF-Root que você baixou. Clique em START.

Quando você clicar em Install, o Odin instalará um programa chamado ClockWorkMod Recovery (CWM). Ele é um “custom recovery”, que passará a funcionar no seu celular ao invés do recovery padrão. Você vai vê-lo quando entrar no Modo de Recuperação (recovery) para instalar certos programas e, principalmente, instalar novas ROMs. Isso é necessário pois o Recovery padrão não te permite instalar coisas novas, apenas arquivos de atualizações.

Após a instalação (que leva alguns segundos apenas), seu telefone reiniciará e entrará no CWM, e essa mensagem aparecerá:

Não mexa nele, pois o Odin vai instalar alguns programas necessários para o SU (Super User, vulgo, Root). Quando tudo estiver concluído, deverão aparecer essas informações:

O processo está concluído e agora seu telefone reiniciará normalmente. Vá nos aplicativos e verifique que um novo programa foi instalado, o Super SU.

Seu celular demorará um pouco para inicializar, porém, caso o tempo seja superior a 10 minutos, remova a bateria e tente ligá-lo de novo. Caso mesmo assim ele não ligue, reinicie todo o processo.

Matéria completa: http://canaltech.com.br/tutorial/galaxy-s3/Como-rotear-o-Galaxy-S3/#ixzz3GVs0N7rD
O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

UM PRODUTO PODE SER VENDIDO COM MARGEM DE LUCRO ACIMA DE 100%?


Sempre que trato do assunto formação de preços, nos meus módulos de gestão financeira, pergunto aos alunos sobre essa questão. É comum ouvir como resposta, principalmente para quem não está ligado diretamente à área financeira, que é possível sim um produto ser vendido com lucro superior a 100%. Geralmente nas turmas heterogêneas as respostas positivas atingem a grande maioria dos participantes.

O cálculo que normalmente os alunos imaginam é que um produto que custou, por exemplo, R$ 10,00 pode sim ser vendido por R$ 40,00 e nesse caso teríamos um acréscimo de 300% e esse percentual passa a ser entendido como lucro. Por outro lado, se o mesmo questionamento – em percentual – por feito sobre o preço de venda (R$ 40,00) um silêncio impera na sala e não escuto mais o percentual 300%… E agora? Como resolver essa questão? Afinal, podemos ou não ter lucro maior do que 100%?

É importante frisar que a margem de lucro sempre deve ser calculada sobre o preço de venda e nunca sobre o custo. Diante dessa afirmação vamos perceber que jamais um produto poderá ter uma margem de lucro superior a 100%. O montante do preço de venda será o 100%, sendo o lucro uma parcela desse montante e o restante será o custo. Neste nosso exemplo o percentual correto de lucro será de 75%. Esse percentual será obtido pela divisão de R$ 30,00 (lucro) sobre o valor de R$ 40,00 (preço de venda).

Na proporção dos valores já observamos que o preço de venda é quatro vezes maior do que o custo e que não temos 300% de lucro. Mas, você pode se questionar como chegar nesse percentual de 75% a partir do custo, certo? Para essa resposta precisamos utilizar a fórmula do mark-up, ou traduzido para o português, como taxa de marcação.

Para sair do valor de R$ 10,00 e chegar no preço de venda de R$ 40,00 devemos dividir o custo pela diferença de 100% para 75% (que é o lucro desejado), ou seja o custo deve ser dividido por esta diferença que será de 25% ou por 0,25. Dessa forma (10,00 dividido por 0,25) obteremos diretamente o valor de R$ 40,00 de preço de venda. Caso o lucro fosse de 20% deveríamos dividir o custo por 0,80 e assim sucessivamente. Observe também que se tentarmos aplicar um percentual acima de 100% obteremos um denominador negativo na fórmula, ou seja, não sendo possível calcular o preço de venda.

Recomendo você utilizar o conceito de mark-up aplicando altos percentuais de margem de lucro (acima de 90% ou até acima de 95%). Você perceberá que o preço de venda atingirá valores exponenciais e que na prática, com essas altíssimas margens de lucro, será impossível de comercializar os produtos.

Saliento que, além da margem de lucro, geralmente acrescentam-se ao mark-uptambém os impostos sobre venda e os percentuais de comissão sobre vendas. Estes dois percentuais devem ser somados ao percentual desejado de lucro e que no somatório nunca deverão ultrapassar o limite de 100%.

Fonte: http://www.ebs.edu.br/portal/artigos-de-professores/um-produto-pode-ser-vendido-com-margem-de-lucro-acima-de-100/

O que é o eToro? E como ganho no eToro?


A eToro é uma rede social ligada ao mundo financeiro que permite investir em ações, moedas, etc, eliminando até 99% do risco de perca – ganho no eToro.
Com eToro, a rede social de investimento líder em todo o mundo a mais de 6 anos, pode confiar na sabedoria das multidões para ajudá-lo a tomar decisões mais inteligentes e rentáveis de investimento para o ganho no eToro.

Qual a vantagem?
Como é uma rede social, o utilizador pode visualizar os investimentos em tempo real de outros investidores, ou simplesmente copia-los, o que é o grande forte do ganho no eToro. Basicamente escolhemos um trader, e metemos a copiar as transações que ele efetua.

Como se faz para copiar outros traders?
Muito fácil, basta analisar o tempo de vida financeira de um especialista ( trader) nesse mercado, dentro da plataforma e com um simples botão mete-se a copiar e tudo que o trader fizer, a nossa conta vai fazer em proporção do dinheiro que investimos as mesmas negociações do trader.
Veja o exemplo: Suponhamos que colocamos 100 dólares a copiar um trader e o trader abre posições utilizando 1% a 5% do dinheiro que tem na conta e nós automaticamente vamos abrir posições na mesma percentagem, claro que quanto mais metermos a copiar mais é o ganho no eToro.

Outra vantagem é: Se percebermos mais ou menos o funcionamento do mercado financeiro no eToro, podemos fazer espelho do trader em vez de copiar simplesmente. Ou seja, ele abre uma posição e nós na mesma altura abrimos uma igual a ele, mas com o valor que nós desejarmos, desta forma vai se ter um maior ganho no eToro, mas o risco é maior, já obriga a perder tempo para ver quando é que ele fecha essa posição. Mas isso é um trabalho para quando tivermos certezas daquilo que estamos a fazer, não vamos perder tempo com isso agora para ter mais ganho no eToro.

Se quiser agora mesmo começar a negociar dentro da plataforma com dinheiro real faça um depósito mínimo de $50. Só tem de ENTRAR AQUI para receber $20 dólares de bónus de inicio, ou também pode começar com uma conta virtual grátis e simular os teus ganhos na eToro.

Como eu comecei na eToro:
Falo na minha experiência, comecei no com a conta virtual para experimentar a copiar alguns traders para não arriscar dinheiro real, uns ganharam outros perderam, mas verifiquei que era impossível perder dinheiro, pois se eu perdesse era sinal que eles tinham perdido também, claro que isso seria muito difícil de acontecer porque eles tem vários anos de experiência com ganho na eToro.

Ao longo do mês eu estava cada vez mais emocionado porque a conta virtual gerava bastante dinheiro e ao longo do mês de maio gerou mais de 2000 dólares. Já imaginou se fosse dinheiro real, o dinheiro que eu não teria ganhado?

Em Junho decidi carregar a conta. Carreguei com 145€ ou seja $200 e ganhei $50 de Cartão Presente e fiquei com 250$. Nessa altura meti a copiar 5 traders, ouve alguns que só utilizaram o meu dinheiro 2 dias depois, outros que eu via que estavam a demorar até utilizarem o dinheiro mudei e comecei a copiar outros

Hoje estou a escrever este artigo 10 dias depois de ter iniciado com dinheiro real e posso contar-lhe que estou a adorar ver o meu ganho na eToro porque nesse tempo consegui duplicar o meu investimento só com o meu trabalho. Convidei um amigo para o negócio e eles deram-me $100 de bónus, mais $50 em negociações a copiar traderes, agora tenho perto de $400 a render todos os dias sem eu me precisar preocupar com as cotações do mercado.

Veja um print dos meus ganhos:

ganhos-uma-semana-etoro1-e1402622716557

Numa primeira fase aconselho a copiar traderes “utilizadores” mais experientes, sem risco de perder, mas recomendo que aprenda rapidamente a ver o que é que eles estão a fazer para poder compreender e ter mais ganho no eToro

Ao longo dos próximos meses, vamos desenvolver um tutorial que aborda o eToro desde o momento de registo até ao carregamento, abordaremos todos os passos um por um de forma a conseguir um tutorial completo e com informações relevantes para os meus seguidores e amigos.

Pode utilizar a conta de dinheiro virtual para fazer uma pesquisa mais profunda e para testar o funcionamento da plataforma. Não perca tempo nem dinheiro! Comece agora clique aqui para iniciar o seu ganho no eToro

 

Redes sociais de investimento atraem brasileiros


Sites como o eToro permitem a investidores reproduzir hábitos do Facebook e do Twitter, mas ainda não têm regulação

Forex

SÃO PAULO – Não é de hoje que investidores do mercado financeiro utilizam redes sociais para trocar informações. Mas uma nova onda de redes específicas começa a chegar ao Brasil, trazendo um jeito mais colaborativo de fazer investimentos chamado de social trading.
Populares na Europa e nos Estados Unidos, sites como Currensee, Collective 2 e ZuluTrade fazem o papel de brokers (corretoras) virtuais e permitem aos seus usuários não só trocar informações e fazer aplicações, mas seguir e copiar as estratégias de investidores de sucesso com a mesma facilidade de quem segue um artista famoso no Twitter.
A principal plataforma utilizada no País atualmente é o eToro, considerada a maior rede social de investimento do mundo. Criado em Israel em 2007 pelos irmãos Yoni e Ronen Assia, o eToro já foi apelidado de Facebook dos investidores e de Zynga (produtora de games sociais) para adultos. A rede social tem 2,75 milhões de usuários em 140 países e permite negociar moedas –incluindo, mais recentemente, a moeda virtual Bitcoin –, mercadorias, índices e ações.
“Comecei investindo pouco mais de US$ 50 e atualmente tenho uma margem de lucro de 232%”, gaba-se Maria, mestre em filosofia que aderiu ao site há três meses e pediu para não ter seu nome completo publicado por temer a exposição dos seus resultados. “Vivo de bolsa da universidade e queria maximizar meu dinheiro. Estudo muito sobre investimentos e consigo bons resultados”, diz.
Sites como o eToro atraem investidores novatos ou que não têm patrimônio suficiente para contratar uma corretora pela ausência de cobrança de taxas de adesão e por permitir a qualquer pessoa investir em ações de empresas internacionais, como o Google, por exemplo, aplicando valores baixos, a partir de US$ 50 dólares. O lucro do site vem do spread – diferença entre a melhor oferta de compra e de venda de um ativo.
“Queremos abrir o mercado global para qualquer pessoa investir. A ideia do investimento social é fomentar a educação em comunidade”, diz Yoni Assia, cofundador do eToro.
O principal atrativo do social trading, porém, é a possibilidade de copiar as negociações de quem tem bom desempenho. O usuário pode escolher os melhores traders em listas criadas pelo próprio site e copiá-los após analisar seus resultados.
Também há uma espécie de “playground”, onde pode-se aprender a investir com dinheiro de mentira. “Você tem que estudar muito, senão perde o dobro do que poderia ganhar. Há grande investidores do mundo todo no site e dá para aprender com eles”, diz Maria.

Corretoras

Risco
O eToro já levantou mais de US$ 33 milhões em cinco rodadas de investimento que tiveram a participação de fundos como o Spark Capital, que tem em seu portfólio empresas como Twitter, Foursquare e Tumblr. “Vamos operar diretamente no mercado brasileiro e estamos procurando uma instituição local para ser nossa parceira”, diz Yoni.
A principal dificuldade para a empresa se estabelecer no Brasil deverá ser o que também é o principal motivo de desconfiança de quem opera no mercado diante de plataformas de social trading. Sites como o eToro permitem operar no mercado Forex, que permite a compra de pares de moedas apostando na valorização ou desvalorização de uma sobre a outra.
Proibido no Brasil, o Forex é considerado um mercado de altíssimo risco e, caso enfrente problemas, o usuário não poderá contar com respaldo da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). “O Forex beira o ‘underground’. Não é ilegal operar, mas as operações são feitas fora da bolsa de valores e escapam um pouco de regulamentação”, disse um investidor experiente ao Link. “Além de muito arriscado, tem ares de jogatina. Há estudos que mostram que 90% das pessoas perdem dinheiro nesse mercado”, diz.
Copiar o investimento de outra pessoa sem o mínimo conhecimento sobre o mercado é outro comportamento visto como arriscado. “É uma coisa nova e ainda não sabemos as implicações”, diz André Fogaça, cofundador da rede de investidores Guia Invest. “Faz sentido copiar quem está tendo resultados, mas é importante conhecer o histórico e a assertividade de quem se está seguindo”, diz.
CVM estuda novas regras
A CVM estuda uma forma de regulamentar a forma como companhias de capital aberto e investidores interagem pelas redes sociais. Atualmente, as empresas podem divulgar fatos relevantes e balanços pelas redes sociais, desde que antes os comunicados sejam feitos também pelos canais oficiais da CVM, como o sistema IPE, usado para envio de documentos.
Nos Estados Unidos a SEC, órgão análogo à CVM, deu permissão para que as companhias de capital aberto usem o Facebook e outras mídias sociais para anunciar fatos relevantes aos seus acionistas, desde que definam de antemão qual rede social usarão.
A CVM não tem nenhuma restrição relativa ao social trading e o ato de copiar o investimento de outras pessoas. O órgão não regula, no entanto, o mercado Forex, considerado muito arriscado. Embora não seja ilegal um brasileiro realizar investimento do tipo em um país estrangeiro, a CVM não oferece nenhum respaldo para esse investidor.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 4.768 outros seguidores